MCKS Atingindo União com a Alma Superior

MCKS Atingindo União com a Alma Superior

MEDITAÇÃO NA PÉROLA AZUL

Para entender o propósito da Meditação na Pérola Azul, deve-se primeiro entender o que ela é. A pérola azul não é a alma superior. A pérola azul é o “terminal” para a alma superior. No Budismo, a pérola azul é chamada de disco azul. No Sufismo, a pérola azul é chamada de essência. Na tradição cristã, a pérola azul é chamada de o olho da agulha. (Mateus 19:24, Marcos 10:25).
Na Bíblia está escrito: “Deixe seu olho ser uno e seu corpo será preenchido com luz”. (Mateus 6:22) O “olho” se refere à glândula pineal. Dentro da glândula pineal está “o olho da agulha”, através do qual o camelo ou o discípulo pode entrar para o céu. “Verdadeiramente, o Céu não esta aqui, lá ou em toda a parte. Está dentro de você”. (Lucas 17:21)
A meditação na Pérola azul não deverá ser praticada em excesso. Em alguns discípulos, ela pode fazer com que o corpo físico fique doente. Isso é análogo a um fio elétrico submetido a muita energia. Ele pode superaquecer e derreter. 
A glândula pineal é a arca da aliança dentro de cada um de nós. Essa verdade pode ser validada por meio da prática prolongada da Meditação na Pérola Azul.
O que é, exatamente, a pérola azul? Com base em experiências atuais e em ensinamentos antigos, a pérola azul é, na realidade, uma minúscula partícula de luz – menor que um átomo de hidrogênio, menor que um núcleo, menor que um elétron. Ela é menor que qualquer coisa que os cientistas possam imaginar como pequena.

A pérola azul nos ensinamentos interiores é chamada de semente mental permanente. A pérola azul é menor que um grão de areia. 
O brilho da pérola azul de uma pessoa comum é realmente menor que um grão de areia. Por isso que na tradição cristã a pérola azul é chamada de “olho da agulha”, e a alma do discípulo que pratica moderação e não-excessividade é chamada de “camelo”.

A pérola azul não é usada para curar porque a energia espiritual é muito intensa ou concentrada para o corpo do paciente. O 12º chakra não é usado para curar porque a energia espiritual é muito forte ou a voltagem espiritual é muito alta para o corpo do paciente, que pode ficar oprimido, piorando a sua condição.

Pela prática da Meditação na Pérola Azul, se alcança o primeiro estágio de realização da alma, no qual o discípulo vivencia que não é o corpo, e que seu corpo desapareceu. O discípulo vivencia sua natureza búdica. O discípulo vivencia a verdadeira natureza do atma ou alma, que é basicamente a de luz espiritual. O discípulo ou o iogue vivencia sua consciência irradiando em todas as direções. A alma ou o iogue percebe a si mesmo como um ser de luz que viaja em todas as direções até certo alcance no universo interior. Embora essa experiência seja maravilhosa, o êxtase seja intenso e o iogue vivencie certo grau de unidade, essa experiência ocorre apenas no mundo mental inferior. Essa é apenas a experiência da alma encarnada, não da alma Superior.
No segundo nível de realização da alma, o iogue ou o discípulo vivencia maior unidade com a Alma Superior. O discípulo pode vivenciar uma série de expansões de luz seguidas de um vazio escuro. O problema é a capacidade do cérebro de registrar essas experiências interiores e a da alma de compreendê-las.
O leitor deve erradicar o orgulho, a autoilusão, se quiser evoluir espiritualmente de modo rápido. Essa é uma das fraquezas mais difíceis de remover e provavelmente a última a ser eliminada.
Desenvolva humildade, humildade, humildade - e reverência ao Sat Guru. Sem isso, o desenvolvimento espiritual será extremamente lento. Se uma pessoa não tem reverência para com o Sat Guru, como pode ter reverência a Deus – a quem não pode ver? Como pode ter reverência a Deus, que não tem forma e não pode ser visto?


Agenda do Curso

Data de Início: Veja nossa agenda de cursos CLICANDO AQUI.
Horário: 9h às 19h 
Localidade: São Paulo, SP 


COMPRAR Mais informações